Sainte-Chapelle de Paris: a mais importante Capela da França

O que você vai encontrar nesse post:

  1. Preço do ingresso, onde comprar e localização
  2. Breve História da Capela
  3. Melhor período do dia para visitar os vitrais e conseguir boas fotos
  4. Melhor horário para fugir da multidão
  5. Uma experiência nada convencional que você pode vivenciar na capela
  6. Fatos históricos
  7. Detalhes para observar durante a visita
  8. Como chegar e horário de funcionamento

1. Preço do ingresso, onde comprar e localização

10€ Adulto – clique aqui para comprar seu ingresso e evitar filas.

Localização: 10 Boulevard du Palais, 75001 Paris, França.

2. Breve História da Capela

A Sainte-Chapelle em Paris é um dos principais pontos turísticos da capital francesa, tanto por sua beleza como por sua história fascinante. A capela medieval está localizada na Ile de la Cité, em Paris 1 (a numeração é referente ao distrito, caso você não esteja familiarizado, conheça aqui os arrondissements de Paris), não muito longe da Conciergerie ou da Catedral de Notre Dame.

Originalmente parte da Residência Real, a Sainte-Chapelle em Paris é a melhor capela real construída na França e apresenta uma coleção verdadeiramente excepcional de vitrais. A construção não pode ser vista da rua porque está situada no Tribunal de Paris.

Originalmente parte da Residência Real, a Sainte-Chapelle em Paris é a melhor capela real construída na França e apresenta uma coleção verdadeiramente excepcional de vitrais. A construção não pode ser vista da rua porque está situada no Tribunal de Paris.

3. Melhor Período do Dia para Visitar os Vitrais e Conseguir Boas Fotos

Lá a fotografia com flash é proibida, por isso a iluminação natural é fundamental. Por essa razão, o melhor período para visitar a Sainte-Chapelle em Paris para capturar os vitrais da melhor forma é durante o pôr do sol (uma hora ou mais antes do pôr do sol). No verão, o horário do pôr do sol é por volta das 21h30, enquanto no inverno é por volta das 16h. Quando o sol está alto, os raios não entram em ângulo, por isso não é um momento tão bom para fotografar.

4. Melhor horário para fugir da multidão

Como o pôr do sol é o período mais movimentado para visitar a Sainte-Chapelle e se você não está interessado em fotografia, evite este horário. Neste caso, experimente visitar a Capela logo pela manhã, quando ainda não está lotado e você poderá explorar a Capela com mais sossego. Recomendo fortemente comprar seus bilhetes skip the line, que são ingressos que te dão direito de “pular a fila”, eles estão disponíveis para compras online (como quase qualquer outro passeio pago na Europa) e é recomendável comprar com antecedência.

DICA: VOCÊ SABIA? O acesso sem filas à Sainte-Chapelle também está incluído no Paris Museum Pass e no Paris Pass.

Não sabe se vale a pena comprar um pass, ou não sabe qual deles é mais adequado pra você, então veja aqui um comparativo do Paris Museum Pass e do Paris Pass.

5. Uma Experiência nada Convencional que Você pode Vivenciar na Capela

Muita gente não sabe, mas a Sainte-Chapelle oferece concertos de música clássica (com o período de 1 hora) à noite. É uma experiência única, curtir a música e o cenário espetacular, com os vitrais da Sainte-Chapelle.

E a esta altura os visitantes regulares já foram e há bastante tempo antes e depois do concerto para passear e visitar a capela com mais tranquilidade.

Concerto Noturno na Sainte-Chapelle

6. Fatos Históricos

A Sainte-Chapelle de Paris foi construída em meados do século XIII pelo Rei Luís IX (futuro São Luís), no coração da Residência Real, o Palais de la Cité. Foi construída para abrigar as relíquias da Paixão de Cristo e servia como capela particular da Família Real.

São Luís recebendo a Santa Coroa e outras relíquias

Construída em estilo gótico, esta Capela apresenta um desenho particular em duas fases distintas: o nível inferior foi utilizado pelos funcionários do Palácio Real, enquanto o nível superior foi utilizado pela Família Real e seus convidados.

A Capela Superior é adornada com uma coleção única de vitrais. As janelas da Sainte-Chapelle são compostas por 15 painéis e uma grande rosácea. Os painéis contam a história da Bíblia e como as relíquias que ali estavam chegaram a Paris.

O rei Luís IX comprou as relíquias sagradas para o imperador Baudouin II de Constantinopla. Originalmente, havia 22 relíquias, sendo a Coroa de Espinhos a mais importante.

A Coroa de Espinhos foi comprada por 135.000 libras tournois – cerca de metade da renda anual do domínio real na época – enquanto a construção da Sainte-Chapelle custou cerca de 40.000 libras tournois, três vezes menos que a Coroa de Espinhos.

Existem outras Sainte-Chapelles na França, mas a Capela de Paris foi a primeira. Para ser considerada ‘Sainte-Chapelle’, é necessário seguir alguns critérios, como:

  • Ter as mesmas proporções da Sainte-Chapelle de Paris, mas não necessariamente suas dimensões;
  • Hospedar pelo menos uma relíquia da Paixão de Cristo.

A segunda Sainte-Chapelle mais próxima é que está localizada dentro do Château de Vincennes. Encomendado pelo rei Carlos V, foi consagrado sob o governo do rei Henrique II e hospedava um fragmento da Santa Cruz trazido da Sainte-Chapelle de Paris.

7. Detalhes para Observar Durante a Visita

Capela Inferior: A visita da Santa Capela começa com a parte Inferior, que era dedicada aos serviços paroquiais. A construção possui quatro vãos. Na elaboração das abóbadas ocorreram alguns problemas técnicos devido às dimensões da Capela e foram acrescentados pequenos pilares reforçados com vigas.

Nesta parte, as abóbadas são decoradas com flor de lis. A flor de Lis também é encontrada nas colunas que se alternam com as torres e simbolizam o rei Luís IX e sua mãe, Branca de Castela.

Na sua visita, não perca:

  • A pintura em mural mais antiga de Paris (século XIII) está localizada à esquerda, acima da porta da antiga sacristia, nela é retratada a Anunciação;
  • O lindo coro, com a estátua de São Luís e as colunas pretas que foram adicionadas para suportar o peso do relicário localizado na Capela Superior;
  • A decoração das paredes, com 12 medalhões dos apóstolos.

Capela Superior: Uma escada escondida na lateral da entrada leva à Capela Superior, usada pela Família Real. Esta capela possui quatro vãos e um coro de sete seções.

Aqui, as paredes são muito mais altas do que na Capela Inferior e estão em grande parte cobertas apenas por vitrais coloridos, o que torna o ambiente absolutamente banhado em luz e cor.

Nesta capela, as abóbadas são decoradas com estrelas em vez de flor de Lis.

A Capela Superior acolheu as Santas Relíquias, dentro do Grande Santuário. Este foi derretido durante a Revolução Francesa e agora as relíquias fazem parte do Tesouro de Notre Dame (que foi salvo do incêndio).

As 15 janelas (15,4m de altura e 4,25m de largura) são consideradas obras-primas da arte dos vitrais. São compostas por 1.113 pequenas peças de vidro e a maioria data do século XIII. Apenas cinco cores, inspiradas em elementos químicos, são usadas nas janelas da Sainte-Chapelle: azul (do cobalto), vermelho e verde (do cobre), roxo (do manganês) e amarelo (do antimônio).

Detalhes como expressões faciais e dobras no tecido foram acrescentados com a técnica ‘grisaille’. Essa técnica utiliza uma mistura de vidro em pó e óxido de ferro, diluído em água e vinagre. A mistura é aplicada ao vidro colorido com um pincel.

As peças de vidro pintadas são então queimadas uma segunda vez a 600C para fixar o grisaille.

Em seguida, os pedaços de vidro são montados cena por cena e mantidos juntos com tiras de chumbo canalizado. As seções acabadas dos vitrais nunca são muito grandes, para garantir que não desmoronem com o próprio peso.

No século XIII, grande parte da população mundial era analfabeta, por isso as igrejas eram decoradas com esculturas, vitrais e pinturas que contavam histórias da Bíblia.

Os vitrais da Sainte-Chapelle são como um livro que conta a história da Bíblia e como as relíquias que ali estavam chegaram a Paris.

Para ler todas essas histórias, comece na primeira janela do lado esquerdo da Capela Superior. Você deve ler essas histórias da esquerda para a direita e de baixo para cima.

  • Lado esquerdo: Gênesis, Êxodo, Livro dos Números, Livro de Josué;
  • Coro (da esquerda para a direita): O Livro dos Juízes, O Livro de Isaías e a Árvore de Jessé, São João Evangelista e a Infância de Cristo, A Paixão de Cristo, São João Batista e o Livro de Daniel, O Livro de Ezequiel, os livros de Jeremias e Tobias;
  • Lado direito (do coro ao pórtico): Os Livros de Judite e Jó, O Livro de Ester, O Livro dos Reis, A história das relíquias.

A última janela mostra São Luís como o sucessor legítimo dos governantes bíblicos (na janela anterior). Retrata a descoberta das relíquias e da verdadeira cruz em Jerusalém por Santa Helena, sua jornada para Bizâncio, sua compra por São Luís e seu local de descanso final em Sainte-Chapelle.

Não deixe de ver:

  • Rosácea da Sainte-Chapelle, que representa a visão do Apocalipse feita por São João. Este está representado na rosácea voltada para o oeste, alinhada com o pôr do sol;
  • Alpendre da Capela Superior. Seu tímpano representa o Juízo Final e merece ser admirado com atenção aos detalhes.

8. Como Chegar e Horário de Funcionamento

A Capela está localizada na Île de la Cité. A estação de metrô mais próxima é a “Cité” da linha 4. Já as linhas de ônibus que te deixam mais próximo são: 21, 27, 38, 85 e 96. Aproveite também para visitar no mesmo dia atrações que estão próximas, como a Conciergerie e a Catedral de Notre-Dame.

Horário de funcionamento:

  • De 1º de abril a 30 de setembro: todos os dias das 9h às 19h;
  • De 1º de outubro a 31 de março: todos os dias das 9h às 17h;
  • De 15 de maio a 15 de setembro: abertura noturna às quartas-feiras até 21:30, sendo a última admissão às 21h.

No período noturno é bem raro encontrar filas. Lembrando sempre que só é possível entrar até 30 minutos antes do fechamento.

Dias do ano em que a Sainte-Chapelle não abre: 1º de janeiro, 1º de maio e 25 de dezembro.

Espero que este conteúdo tenha contribuído para sua Bagagem Cultural. Quando visitamos lugares como este, fica ainda mais especial quando sabemos a história que está por trás.

2 thoughts on “Sainte-Chapelle de Paris: a mais importante Capela da França”

  1. Pingback: Uma Parada no Restaurante do Museu d’Orsay - blogbagagemcultural.com

  2. Awesome blog!
    Is your theme custom made or did you download it from somewhere?

    A design like yours with a few simple tweeks would really make my blog
    shine. Please let me know where you got your design.
    Thanks a lot

Leave a Comment

Your email address will not be published.